Aumento no preço do diesel deixará alimento mais caro, prevê sindicato

O anúncio da Petrobras em aumentar o litro do diesel a partir desta terça-feira (10) vai impactar diretamente na vida do consumidor final. É o que prevê o presidente do Sindicato de Cargas do Estado, Emerson Galdino.

“Esse aumento de combustível pode afetar a população com o aumento no valor do alimento. Aumentando o valor do combustível, automaticamente aumenta o frete e esse frete vai ser repassado também para o valor dos alimentos, mercadorias que chegam nas mãos do consumidor final. O principal afetado nessa história não é o transportador, mas a população em geral’, pontuo Emerson Galdino.

Galdino destacou que o Brasil é um dos países com maior potencial na produção de petróleo e que, portanto, não é justo a população pagar caro pelo combustível e para que haja uma mudança é necessário alterar a política de preços adotada pela Petrobras.

“Tá mais do que na hora da população reivindicar e dar as mãos para a mudança da política de preços da Petrobras. Não é justo sermos umas maiores produtores de petróleo do mundo e pagarmos um absurdo, poderíamos ter mais refincarias para não pagarmos esse absurdo de preço”, frisou o presidente do Sindicato de Cargas do Estado.

Fonte: maispb.com.br

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Preço do diesel sofre novo reajuste e aumento no valor do gás de cozinha é esperado, prevê Sindicato

ter maio 10 , 2022
Em conversa ao ClickPB, ele destacou que ainda não há previsão de um novo reajuste no preço do gás de cozinha, mas que já é esperado que isso ocorra nos próximos dias, devido aos consecutivos aumentos dos combustíveis. O preço dos combustíveis não pára de subir e bater recordes. Com […]

Instale o Radiosnet em seu celular. Nova opção para ouvir nossa rádio