Em nota, Jackson Macedo comenta punição a Anísio Maia e diz que quem fere regras, enfrenta consequências

Anísio, Giucélia Figueiredo, Josenilton Feitosa e Anselmo Castilho receberam suspensão de seis meses por ir contra definição nacional da legenda durante as Eleições em 2020.

O presidente do PT da Paraíba, Jackson Macêdo, emitiu nota nesta sexta-feira sobre o assunto (Foto: Reprodução)

O presidente do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) na Paraíba, Jackson Macêdo, emitiu uma nota nesta sexta-feira (25) comentando sobre a punição dada pela Comissão de Ética do Diretório Nacional do partido ao deputado Anísio Maia e outros filiados à legenda. Além de Anísio, Giucélia Figueiredo, Josenilton Feitosa e Anselmo Castilho receberam suspensão de seis meses por ir contra definição nacional da legenda durante as Eleições em 2020.

De acordo com a nota, que o ClickPB teve acesso, Jackson ressalta que “todos entramos no processo aceitando tais regras e com a responsabilidade de cumpri-las. Quem resolveu transgredi-las, ao arrepio do Estatuto do PT, também sabia que haveria consequências”.

Jackson ainda destacou que sabe do valor e da importância dos colegas de partido. No entanto, fez questão de destacar que “nossas vontades políticas sempre estarão submetidas às regras e à disciplina partidárias, nossas Instâncias e suas deliberações. Ninguém é maior que o PT!”.

O presidente da legenda na Paraíba ainda reforçou que o PT é um partido nacional, “não um aglomerado de interesses estaduais como é a grande maioria dos partidos no país, e suas regras são caras para nós filiados e dirigentes”.

Confira a nota na íntegra abaixo:

Fonte: clickpb.com.br

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Fachin diz que levará caso Lollapalooza 'imediatamente' ao plenário do TSE

seg mar 28 , 2022
O ministro Raul Araújo, do TSE, tomou a decisão de vetar as manifestações monocraticamente (individualmente) neste domingo (27). O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, afirmou ao blog nesta segunda-feira (28) que vai levar “imediatamente” ao plenário da Corte a decisão que proibiu manifestações eleitorais no festival […]

Instale o Radiosnet em seu celular. Nova opção para ouvir nossa rádio