Abastecimento de gás segue crítico na PB e revendedores preveem piora da situação

O abastecimento de gás de cozinha (GLP) está chegando a uma situação crítica e alguns revendedores já estão sem o produto para vender aos seus clientes no Estado. Foi o que afirmou, nesta quarta-feira (16), Marco Antônio, presidente do sindicato da categoria.

“Muitos depósitos já estão faltando o gás. Em João Pessoa e no interior”, afirmou.

De acordo com o sindicalista, o problema é causado por um atraso de um navio no Porto de Suape que entregará os botijões para a distribuidora que também já está com reserva baixa e diminuirá o repasse do gás aos revendedores. Pode não haver um colapso no abastecimento, mas ficará bastante fracionado.

“A demanda está maior do que a gente já está recebendo. Eu quero comprar 500 unidades, eles só podem vender 150 ou duzentas. Isso não supre as minhas necessidades”, destacou.

O problema deverá levar um tempo para ser normalizado, mesmo com a chegada do gás. A previsão, segundo Marco Antônio, é que levaria 15 dias para poder “suprir a necessidade e os estoques de todo mundo”.

Fonte: maispb.com.br

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Pedro diz que ‘há possibilidade’ de compor chapa com Efraim

qua mar 16 , 2022
O deputado federal Pedro Cunha Lima, pré-candidato ao governo pelo PSDB, admitiu na tarde desta quarta-feira (16) que poderia compor com o deputado Efraim Filho (União Brasil), pré-candidato ao Senado. Em entrevista à Arapuan FM, Cunha Lima disse que “há a possibilidade” de fazer aliança com o parlamentar visando as […]

Instale o Radiosnet em seu celular. Nova opção para ouvir nossa rádio