Romero quer tentar reverter apoio de Eva e Moacir a João com a justificativa de ter pesquisas que apontam crescimento de Pedro

Em entrevista a uma emissora de Campina Grande, na manhã desta quinta-feira (10), o ex-prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues falou sobre sua pré-candidatura a deputado federal, bem como comentou sobre sua reunião hoje com o presidente nacional do PSD, o ex-senador Raimundo Lira e de como vai ser seu comportamento perante a dissidente da sua sigla leia-se a atual secretária de estado Eva Gouveia e seu irmão, o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL), onde ambos não seguem sua orientação de apoiar a pré-candidatura a governador do deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB).Leia Também:

Após posse relâmpago na ALPB, João Almeida tira licença e segundo suplente assume mandato

Questionado sobre a situação de Eva Gouveia junto ao governador João Azevêdo (PSB), ele disse, que tem uma relação de amizade que começou com Rômulo e que não vai impor nada a ela e disse que todo partido tem alas divergentes. “Qual partido hoje que tem unanimidade eu vou tentar convencê-la a ficar do meu lado”, disse Romero.

Quando indagado sobre a dissidência dentro de casa, referente ao não apoio de Moacir a Pedro, Romero disse que segue o mesmo raciocínio o de tentar convencê-lo. “Eu estou com Pedro e faço esse apelo público que Moacir também esteja conosco, mas isso é uma construção que parte também de convencimento”, falou Romero.

Quando citado se considera que a movimentação de aliados seus junto ao governador o prejudicou ele disse: “Todo mundo podia sentar com todo mundo, menos eu? O que nunca disse que ia ficar com João, tive um problema de família e priorizei a família a política e aí partiu muita gente falando por mim sem autorização. A cidade me conhece, sabe da minha postura”, disse Romero, destacando ainda que é que a candidatura vem crescendo e que teve pesquisas internas que mostram esse crescimento.

Escute a entrevista:

Fonte: pbagora.com.br

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Margareth Diniz pede demissão e adjunto assume Secretaria de Saúde de João Pessoa

qui mar 10 , 2022
Margareth Diniz assumiu a Secretaria Municipal de Saúde da Capital após a saída do antigo titular, médico Fábio Rocha. Margareth Diniz vai deixar a Secretaria de Saúde de João Pessoa. Ela pediu demissão em comunicado feito à primeira-dama, Lauremília Lucena, e deve oficializar sua saída em conversa com o prefeito […]

Instale o Radiosnet em seu celular. Nova opção para ouvir nossa rádio