Reunião para definir calendário da UFPB é suspensa e estudantes ocupam reitoria para cobrar retorno das aulas presenciais

De acordo com o Consepe, a comissão responsável por planejar o retorno das aulas não produziu os documentos necessários para basear qualquer decisão sobre as medidas de segurança em relação à retomada das atividades presenciais da universidade.

A reunião estava marcada para hoje e deverá ser realizada na próxima quarta-feira (16). (Foto: Walla Santos)

Uma reunião do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) que iria discutir o calendário sobre as aulas na instituição foi suspensa por falta de documentação necessária no relatório da Comissão de Biossegurança sobre o retorno das aulas presenciais. 

A reunião estava marcada para hoje e deverá ser realizada na próxima quarta-feira (16), data ainda a ser confirmada. Em contato com o ClickPB, a professora Bagnolia Araújo Costa, do Consepe, afirmou que foi surpreendida na noite de ontem ao saber que o relatório não estava pronto.

“A gente solicitou na reunião de terça-feira que fossem colocados os documentos no processo para a gente justificar se vai ser presencial ou não, já que não havia documento nenhum, só um pedido para ser remoto durante 30 dias. Mas, baseado em quê? Então, nós que somos do conselho superior, que vamos decidir a vida da universidade, não podemos tomar uma decisão dessa sem ter nada dentro do processo”, disse.

Cobrança dos estudantes

Enquanto não há uma decisão por parte da instituição, estudantes da UFPB ocuparam na manhã desta quinta-feira (10) a frente da reitoria em busca do retorno das aulas presenciais na instituição, alegando prejuízos com a manutenção das atividades remotas. O reitor Valdiney Veloso esteve presente e ouviu as reivindicações do grupo.

Na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), o mesmo movimento está previsto para acontecer nesta sexta-feira (11), nos campi de Catolé do Rocha, no Sertão, com concentração prevista para acontecer às 9h, em frente ao campus IV. Já no Instituto Federal da Paraíba (IFPB), discussões entre a comunidade estudantil estão ocorrendo e a previsão é que haja mobilização no dia 17 de fevereiro.

Fonte: clickpb.com.br

Veja também:

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

João contesta ação do PTB e pede que STF mantenha passaporte da vacina na Paraíba

qui fev 10 , 2022
O Governo do Estado encaminhou resposta ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a improcedência do pedido feito pela executiva nacional do PTB, que acionou o governador João Azevêdo (Cidadania) contra a obrigatoriedade do passaporte da vacinação para ingresso em estabelecimentos e eventos Paraíba. No documento, que o Portal MaisPB teve acesso, o […]

Instale o Radiosnet em seu celular. Nova opção para ouvir nossa rádio