Estudantes da UEPB agendam protestos e clamam por volta às aulas presenciais

Estudantes da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) agendaram protestos para a próxima sexta-feira (11) pedindo a volta das aulas presenciais. Os atos estão previstos para acontecer nos Campus I e IV, em Campina Grande e Catolé do Rocha.

Os alunos alegam que são prejudicados pelo ensino remoto, inclusive por questões econômicas, já que alguns moram em outras cidades e se programaram para o retorno presencial, inicialmente previsto para o dia 14 de fevereiro, e tiveram que alugar uma moradia mais próxima do campus da instituição.

Em nota, os estudantes dizem que vão mobilizar representantes das turmas dos mais variados cursos da instituição e propor um abaixo assinado para que as reivindicações sejam levadas a Assembleia Legislativa do Estado (ALPB) e também ao Ministério Público da Paraíba (MPPB).

Em Campina Grande, discentes da instituição se organizarão em frente a reitoria, que fica no Bairro de Bodocongó, às 15h. Os alunos do Campus de Catolé do Rocha, por sua vez, se concentraram em frente a entrada do prédio da instituição, às 9h.

Suspensão das aulas

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) anunciou nessa quinta-feira (3) que vai adiar, pela segunda vez, o início das aulas presenciais. A retomada estava prevista para o dia 14 de fevereiro e foi reprogramada para o mês de abril.

A decisão foi tomada após reunião entre o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da instituição, que considerou o aumento do número de casos de Covid-19 registrados no estado nos últimos dias.

Este é o segundo adiamento do reinício das aulas presenciais. Inicialmente, estava previsto a retomada para o dia 1º de fevereiro (para alguns cursos), mas a reitoria suspendeu a volta para o dia 14 de fevereiro.

Fonte: maispb.com.br

Veja também:

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Cármen Lúcia dá despacho em ação que Ricardo tenta reverter inelegibilidade

sáb fev 5 , 2022
A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encaminhe mais informações à Suprema Corte sobre o processo movido pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PT) contra a decisão da Justiça Eleitoral que lhe imputou a pena de inelegibilidade. A magistrada apontou que no processo […]

Instale o Radiosnet em seu celular. Nova opção para ouvir nossa rádio