Bruno reage à Eva: “Dá para acender vela pra Deus e outra para o diabo?”

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), reagiu às declarações de sua ex-aliada e auxiliar de gestão, Eva Gouveia (PSD) e afirmou que a secretária-executiva de Articulação Política do Estado e seus aliados deveriam ter a iniciativa de pedir pra sair da gestão campinense.

A declaração do gestor ocorre após exoneração de João Paulo Freire, aliado histórico da família Gouveia. Eva afirmou que a “tirania e o coronelismo de Bruno envergonham o PSD” e o convidou a deixar o partido ao afirmar que “a porta da rua é serventia da casa”.

Bruno subiu o tom e reagiu a ex-aliada. “Se ela decidiu fazer parte do Governo, embora eu discorde totalmente, ela e os aliados dela, que fazem parte da gestão, é que deveriam ter tomado a iniciativa de pedir pra sair e não precisar exonerar, ou será que se poderia imaginar que dá pra acender uma vela pra Deus e outra pro diabo?”, disse.

Eva Gouveia se aliou ao governador João Azevêdo, enquanto Cunha Lima e o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, declararam apoio à pré-candidatura de Pedro Cunha Lima ao Governo.

Fonte: maispb.com.br

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Novo decreto da Paraíba prevê pico de casos em março

seg jan 31 , 2022
Um estudo da Secretaria Estadual de Saúde (SES) sobre um possível pico de casos de Covid-19 no mês de março fez parte das discussões no Governo do Estado para a formulação do novo decreto que regulamenta o funcionamento dos estabelecimentos no estado durante a pandemia. De acordo com o secretário […]

Instale o Radiosnet em seu celular. Nova opção para ouvir nossa rádio