Apesar de federação com PSDB, Cidadania libera João para votar em Lula

Foto: José Cruz / Agência Brasil

Apesar do avançado entendimento para federação com o PSDB, a executiva nacional do Cidadania quer manter o governador João Azevêdo (Cidadania) filiado à sigla. A situação da Paraíba é considerada como um “entrave” na junção das duas legendas. No estado, os partidos militam em campos opostos. O PSDB é oposição a João e lançou a pré-candidatura do deputado federal Pedro Cunha Lima.

Em entrevista ao Programa Hora H, da Rede Mais Rádio, nesta segunda-feira (31), presidente nacional do Cidadania, ex-deputado federal Roberto Freire, disse que a legenda “não medirá esforços para segurar João” e “que o governador terá um peso nas negociações”. Azevêdo, no entanto, já afirmou que dificilmente permanecerá na sigla em caso de federação com os tucanos.

“Faremos todos os esforços. Para nós é uma honra termos um governador do porte e da dimensão de João Azevêdo. Não tenho dúvidas disso, o partido não pode marchar para nenhuma federação sem levar em consideração quadros como esse. O próprio PSDB já sabe que existe esse problema.”, pontuou o chefe da executiva nacional do Cidadania.

Freire destacou que o Cidadania quer resolver o mais rápido possível o impasse e disse estar disposto a fazer concessões para seguir com João, dentre elas liberar o apoio do governador à candidatura presidencial de Lula (PT), movimento que vai de encontro à federação, que deve apoiar o governador de São Paulo, João Dória (PSDB).

“A gente já acordou que o governador teria essa liberdade aí na Paraíba de escolher seu palanque nacional. Não há problema, o partido já tinha assumido esse compromisso. O que pode acontecer é como isso vai, na prática, se realizar. É importante salientar que o Cidadania não aceita de forma alguma que exista na federação um candidato que diga que vai votar em Bolsonaro”, completou.

Nesta terça-feira (1), a executiva nacional do Cidadania e do PSDB devem discutir uma possível federação para as eleições deste ano. A possibilidade de aliança, aliás, já é tratada nos bastidores como muito provável.

Fonte: maispb.com.br

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Siqueira volta a admitir reingresso de João ao PSB: “Depende dele”

seg jan 31 , 2022
O presidente Nacional do PSB, Carlos Siqueira, voltou a abrir as portas do partido para o governador João Azevêdo (Cidadania). O gestor paraibano caminha para deixar seu atual partido devido a federação com o PSDB, do grupo Cunha Lima. Em entrevista ao programa Hora H, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e […]

Instale o Radiosnet em seu celular. Nova opção para ouvir nossa rádio