Adiado o retorno das atividades presenciais no Poder Judiciário da Paraíba após avanço da Ômicron e de casos de H3N2

Foi adiado o retorno 100% das atividades presenciais no Poder Judiciário da Paraíba para 28 de março de 2022. Isso ocorre devido ao recrudescimento da situação pandêmica de Covid-19, que tem como principalmente motivo a circulação da variante Ômicron, e também da epidemia de Influenza H3N2. 

O Ato Conjunto foi publicado no Diário Oficial da Justiça desta terça-feira (18). “O retorno das atividades presenciais do poder Judiciário da Paraíba determinado no Ato Conjunto GAPRE/CGJ nº 05/2021 fica postergado para 28 de março de 2022”, consta na publicação que o ClickPB teve acesso.

No entanto, o documento, frisa que poderá ser antecipado retorno caso haja um “abrandamento da situação pandêmica”. O documento é assinado pelo presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), o desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides e pelo  corregedor de Justiça da Paraíba, o desembargador Frederico Martinho da Nóbrega Coutinho.

Fonte: clickpb.com.br

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Em depoimento ao MPF, prefeito de Lucena diz que técnica que aplicou vacinas erradas em crianças é 'experiente' e alega não saber o que aconteceu

ter jan 18 , 2022
O prefeito de Lucena, Leo Bandeira, prestou depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) na tarde desta segunda-feira (17) sobre a vacinação contra covid-19 em crianças com doses vencidas e destinadas a adultos, que ocorreu no último dia 7 de janeiro no município. Na declaração, o gestor afirma ao órgão que tomou conhecimento do fato […]

Instale o Radiosnet em seu celular. Nova opção para ouvir nossa rádio